Por Pedro Fraga

Nos últimos anos, a temperatura do planeta se elevou levemente. De forma quase instantânea, países que não sofriam com as fortes temperaturas começaram a marcar sensações térmicas acima dos trinta graus. Uma cidade que não está habituada a temperaturas elevadas pode sofrer consequências sérias se, de um dia para o outro, os habitantes, as máquinas e a funcionalidade tiverem que exercer seus papéis sob outro tipo de sensação térmica. Para evitar maiores complicações, a capital japonesa decidiu investir nas ‘’coberturas verdes’’, ou ecotelhados, e assim iniciar o tratamento de dois problemas da cidade de uma vez só: a temperatura e a poluição.

O ecotelhado é um jardim suspenso, que pode ser instalado em lajes, terraços e telhas convencionais. Além de reforçar a estética do imóvel, o ecotelhado serve para ‘’limpar’’ o ar nos ambientes internos e externos. No Japão, os telhados estão servindo também para diminuir a temperatura dos ambientes que os cercam.

Ainda que demande bastante manutenção, o investimento passa a valer quando analisamos os benefícios ecológicos que os ecotelhados trazem. Qualidade de vida e a valorização do imóvel andam juntas, nesses casos.

Veja alguns exemplos:

telhadoeco

Na foto acima, um complexo inteiro com seus ecotelhados. Abaixo, uma construção no centro de uma cidade brasileira que utiliza o ecotelhado.

                                                              telhado verde ecotelhado jardim suspenso cobertura verde