Mr. Fly l Moda Sustentável - peças ecológicas e conteúdo consciente

Controle Remoto

Por Mr.Fly

Hoje, dia 11 de agosto, é o aniversário do eletrodoméstico favorito de todas as gerações.
Estamos falando da televisão.

O Dia Nacional da Televisão, referência direta a Santa Clara, padroeira do eletrônico, sempre serve para nos fazer refletir nas relações que desenvolvemos com a modernidade.

dia da televisao

No dia 18 de setembro de 1950, depois de alguns ensaios, idas e vindas, a televisão estréia no Brasil. A TV Tupi de São Paulo PRF 3, inaugura não apenas suas transmissões, mas um caso de amor com  os brasileiros. Assim como o rádio durante muitos anos foi o catalisador da cultura e da identidade nacional do país, a televisão se torna o grande agente da unificação cultural.

Os primeiros momentos da televisão tiveram muitos tropeços. Por um motivo simples: não havia mão-de-obra para a empreitada. Muitos profissionais vieram do rádio, de técnicos a artistas. E mais, a TV importou do rádio sua linguagem e sua estrutura. Logo se veria que era preciso uma linguagem nova para um novo meio.

Passado o tempo, com muitos erros e acertos, entre gravações e programações ao vivo, a televisão foi se profissionalizando. Hoje, a produção da TV brasileira é referência no mundo, sendo exportada para muitos países.

No meio de tanto desenvolvimento e globalização, muitas vezes as coisas fogem do controle.
É o que está acontecendo com a TV Cultura, que tem a segunda melhor programação do mundo, de acordo com a BBC, e atualmente se vê em um cenário de desmonte e terceirização.
Várias atrações já foram extintas e outras correm o risco de acabar. Demissões em massa e precarização das relações de trabalho também foram denunciadas em alerta para a crise na emissora que se tornou referência pela qualidade informativa e educacional de suas produções.

Resolvemos usar a data como desculpa para divulgarmos uma causa séria que pode comprometer a sustentabilidade cultural do nosso país.
Um grupo de pessoas envolvidas com a emissora resolveu organizar uma abaixo-assinado direcionado ao governador de São Paulo e ao diretor da empresa.
Não deixe de assinar.
Contribua para um futuro onde a televisão tem a oportunidade de se firmar como um instrumento construtivo.
Acesse: petição.


 

Parcerias e Produções

Por Mr.Fly

Já não é de hoje a proximidade que nós da Mr.Fly temos construído com a parceira Talita , que tem um blog super bacana e instrutivo, cheio de dicas sobre moda e sustentabilidade.

Talita Scoralick é juiz-forana, tem 24 anos e é jornalista.
Criou o Blog para falar de tudo que gostava e acabou encontrando aí um espaço para crescimento pessoal e reconhecimento profissional. Através desse espaço, fala de assuntos relacionados ao cotidiano, viagens, customizações e aprendizados no mundo fashion.
Faz palestras e workshops sobre o universo dos blogs de moda e o seu desafio de ficar um ano sem compras, apelidado de Dieta Fashion.

E no meio desses tantos diálogos traçados, surgiu a ideia de convidar a Talita para assinar uma coleção de camisetas da Mr.Fly: e depois de meses de pesquisa, dedicação e produção, essa novidade vai ser apresentada ao público na próxima quarta-feira, aqui na cidade de Juiz de Fora.

Então, aos que moram por aqui, fica o convite cheio de carinho para comemorar com a gente esse novo caminho e conhecer de pertinho tudo que foi produzido.

11836828_860613094024704_5775263598325071945_n

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

E nesse clima de estreia e novidade, pedimos para que vocês fiquem ligados nas nossas páginas…porque vem mais coisa por aí!
Aguardem.


 

 

Terceira Idade Sustentável

Por Mr.Fly

No último domingo (26 de julho), comemoramos uma data muito especial, que envolve amor, carinho, respeito e aprendizado. No último domingo, foi o Dia dos Avós.
Alguns já se foram, outros ainda tem a oportunidade de conviver com essa rica companhia: independente do grupo que você se enquadra, a importância está em uma das vivências mais decisivas em nossa formação.

Ao pensar no valor da simbologia dessa experiência tão pura, acabamos por pensar na situação dos idosos no nosso país.
Muitas pessoas possuem o cuidado necessário para a saúde e bem estar emocional na própria família, mas existem muitos casos- e cada um com seu contexto, onde optar por ajuda externa pode ser a única solução: lares de repouso e acompanhantes se fazem necessários nesses casos.
Dentro desse universo, não podemos nunca esquecer do abandono e descaso. Essas instituições abrigam todo tipo de gente, com todo tipo de história.

velho-01Em uma visitação recente, vimos a realidade desses lares de perto. Pessoas qualificadas e bem intencionadas tem desenvolvido um trabalho incrível com essas senhoras e senhores, mas muitas vezes há pouca verba envolvida, alimentos, agasalhos e até atenção.

Nossos idosos precisam de carinho e cuidado.
Resolvemos listar algumas instituições de Juiz de Fora que aceitam todo e qualquer tipo de visitação: lugares onde até uma conversa é bem vinda.

Vila Viver, que fica no bairro Santos Dumont, atende pelo número 32371800.
Casa de Repouso Madre Maria são Miguel, no Grajaú, atende pelo 32159762.
Casa de Repouso Lar de Idoso Flor de São Francisco, no centro da cidade, atende pelo número 32168867.
Pousada Despertar, no bairro Paineras, atende pelo 32333040.
Associação Santa Luiza de Marilac, no Furtado, atende pelo número 32112902.
Casa de Repouso Lar de Minas, no Guaruá, atende pelo 32121440.
REGAP, no Alto dos Passos, atende pelo número 30840122.

Ligue e agende uma visita.
Pense que qualquer oferta é bem vinda, material ou não, as pessoas precisam de carinho e cuidado.
Olhar pelos nossos idosos com compaixão é uma forma de mostrar para as nossas crianças que o respeito prevalece.
Faça a sua parte, seja sustentável.


 

Cultura Sustentável

Por Mr.Fly

Na segunda-feira (13), foi comemorado o Dia Mundial do Rock.
Inspirados pelas aspirações que moveram e criaram o gênero, resolvemos listar algumas bandas e pessoas desse universo, envolvidas de alguma forma com a sustentabilidade.

rockWILLIE NELSON


Talvez seja um dos nomes mais importantes no que diz respeito ao ativismo.
Aos 82 anos, possui um histórico de sucessos premiados e lutas sociais.
Cantor e grande compositor de country, ele é co-presidente da Organização Nacional para a Reforma das Leis da Maconha (NORML), ele é co-fundador da Willie Nelson Biodiesel e um dos idealizadores do Farm Aid, além de se posicionar sempre positivamente em relação ao casamento gay.
O Farm Aid é uma iniciativa incrível, que visa angariar fundos para a agricultura familiar dos EUA, muitas vezes ameaçada pela crise imobiliária. Desde 1985, se firma de maneira atuante não só na economia, como no bem estar social, ecológico e psicológico dos envolvidos.

NEIL YOUNG

Junto com Willie Nelson, atua no Farm Aid.
Com uma carreira de mais de 20 discos, possui diversos projetos e trabalhos paralelos com outros músicos, em um diálogo atemporal.
Já veio ao Brasil palestrar sobre o uso de biocombustível, o qual defende, e desenvolve pesquisas relacionadas à sustentabilidade nos meios de transporte.
Possui uma organização educacional para crianças com necessidades especiais e sempre se envolveu com a política.

RADIOHEAD

Talvez adaptação seja a palavra para a banda, que sempre busca novas formas de se ajustar ao mercado de consumo e interagir positivamente com o público.
Com forte engajamento ecológico, fizeram mais de um milhão de pessoas se envolverem a assinarem uma petição sobre o aquecimento global, que discutia o papel dos EUA nas mudanças climáticas e participaram de shows de apoio às vítimas do terremoto no Haiti, em 2010.
PAUL MACCARTNEY

O baixista dos Beatles é referência em ativismo animal: vegetariano há muitos anos, atua na causa animal, promovendo ações.
Lançou a campanha de Segunda Livre de Carne e sempre procura fazer com que seu público repense a cadeia de consumo alimentar e a produção industrial.
A Segunda Livre de Carne ajudaria a reduzir 18% de emissão de gases nocivos na atmosfera.

COLDPLAY

A banda inglesa é apoiadora da ONG Make Traid Fair, que busca discutir e incentivar a resolução de problemas em países em desenvolvimento. São idealizadores da ClientEarth, que busca proteger o meio ambiente através da advocacia, garantindo que as leis ambientais sejam cumpridas adequadamente.
Para neutralizar as emissões de CO2 geradas com a produção e distribuição de seus CDs, os músicos contrataram, em 2002, uma empresa para plantar 10 mil árvores na Índia.

É muito importante vermos a participação e o engajamento de pessoas públicas com ideais de inclusão e consciência.
Usar a cultura, a música, como intercâmbio de bons exemplos é uma forma de fazer com que a realidade seja cada vez mais próxima do que sonhamos e precisamos.
Que as pessoas se envolvam cada vez mais.



Solidariedade sustentável

Por Mr.Fly

Hoje é Dia do Hospital e nada mais inspirador do que a solidariedade de trabalhar ajudando as pessoas.

Sabemos de todas as deficiências de muitos serviços oferecidos pelo Estado,
que resultam da gestão corrupta e obscura de muitos representantes, órgãos e governos: inclusive e principalmente no que diz respeito à saúde.

Mas é preciso salientar o valor das pessoas que se doam para exercer funções que afetam diretamente ou não, a vida dos necessitados: independente do cargo que ocupam em tais instituições.

Pensando nisso, resolvemos falar sobre duas instituições que cuidam da saúde das pessoas e que procuram atuar de forma sustentável. São lugares que possuem programas de trabalho voluntário, procurando aproximar a população de forma a agregar positivamente no tratamento das pessoas envolvidas.

Hospital Ascomcer (Associação Feminina de Prevenção e Combate ao Câncer)  é uma entidade civil de caráter filantrópico e sem fins lucrativos e surgiu como resultado da Primeira Convenção Brasileira das Organizações de Voluntárias Femininas de Luta Contra o Câncer, realizada em julho de 1962, na cidade do Rio de Janeiro.
Em suas atividades, possui vários grupos que trabalham com os pacientes.
São núcleos e equipes organizadas, que atuam em áreas como Beleza, Costura, Bazar, Artesanato e em tardes de confraternização.
Para ajudar em qualquer área, e até com doações, entre em contato pelo email rh@ascomcer.org.br.

IMEPP é uma instituição filantrópica e assistencial, sem finalidade lucrativa. Foi fundada em Juiz de Fora, por algumas famílias preocupadas em dar assistência médica, para- hospitalar, psicológica e pedagógica as crianças com deficiência mental.
Com vários programas de assistência, inclusive pedagógicos, também atuam na área da saúde.
Para conhecer o trabalho feito, oferecer alguma ajuda e conhecer a proposta, entre em contato http://goo.gl/cntKSh.

Ajudar o próximo é uma forma de ajudar o planeta e encher o coração de sentimentos bons!

ajude-01

 

 

 

 

 

 

Sustentabilidade na cozinha

Por Mr.Fly

O frio chega e com ele a necessidade de nos esquentarmos.
Nas ruas, pessoas desfilam encapotadas em suas botas, casacos e meias.
Campanhas de solidariedade ganham espaço, e doações de agasalhos e sopas
aparecem de forma muito bem-vinda.

Depois de uma temporada de sucos, saladas e frutas refrescantes e leves,
vem a temporada de comidas para nos aquecer.

A pergunta é: você consegue cozinhar de forma sustentável?

O desperdício é uma prática que precisa ser combatida o ano inteiro.
Disso não temos dúvidas.
Mas será que você se atenta como no verão?

O cardápio passa a ser bem mais elaborado do que as saladas,
e caldos são cada vez mais desejados.
Acreditamos que essa mudança alimentar natural, consequente da variação
climática possa ser uma ótima oportunidade para rever seus hábitos.

Pensando nisso, resolvemos elaborar três dicas para o seu bem estar:

XÔ, INDUSTRIALIZADO!
A gente sabe que no frio, a tendência de todo mundo é diminuir um pouco o ritmo.
O ideal é que a gente consiga sustentar a frequência das atividades físicas, mas uma coisa é fato: você provavelmente vai ganhar um quilinho.
O que é natural.
Aí é que ressaltamos a necessidade de optarmos por produtos não industrializados.
Se no verão já está longe de ser uma boa opção, quem dirá no inverno.
Opte por alimentos frescos.
Frequente a feira, vá ao mercadinho da esquina e trate dos seus alimentos com a responsabilidade que merecem.

É DIA DE SOPA!
A verdade é que não tem nada melhor do que alguma coisa bem quentinha para
nos saciar nesse clima.
As sopas e caldos são opções formidáveis por um motivo muito simples:
mudam a forma inicial de alimentos, que muitas vezes são recusados na mesa.
Quer dizer: aqueles vegetais todos que seu irmão mais novo torce o nariz para colocar no prato, agora, está temperado, refogado e ensopado, com sua cor maravilhosa!
Tem como resistir?
É o mais importante: nada é descartado!
Você provavelmente vai bater os ingredientes, certo?
Então poderá aproveitar todas as partes do alimento.
Rendem ótimos caldos: couve-flor, abóbora, lentilha, cenoura, batatas variadas, tomate,etc…!

CHÁ DAS CINCO
Agora é uma ótima oportunidade de cuidar das suas necessidades.
Sabemos que a saúde pode vir de muitas fontes, principalmente naturais.
Aproveite esse momento para cuidar de si mesmo de uma forma prazerosa:
os chás, muitas vezes ajudam o funcionamento específico no nosso organismo.
Nossa flora não deixa por menos: você encontra a solução para qualquer problema
com um pouquinho de açúcar, um bule e água fervendo!
Frequente os mercados municipais e feiras da sua cidade.
Procure se conhecer para saber o que busca resolver.
Camomila, erva-doce, amora, capim-limão, gengibre, funcho, e mais outros tantos,
podem ser encontrados por perto.


 

CONCURSO CULTURAL Criatividade Sustentável

Por Mr.Fly

Como a sustentabilidade estampa a sua vida?

Em prol da conscientização, a ONG Sustentarte, que desenvolve projetos de Educação Ambiental em vários setores da sociedade, se une a Mr.FLy, que através da confecção de roupas ecológicas, procura minimizar os efeitos nocivos que expõem cada vez mais o nosso planeta, para realizar essa campanha!

Nos conte, então: Por que essa estampa remete sustentabilidade pra você?

11072076_10206337899750030_1784926281_n

Escolha a sua estampa e mande pra gente sua ideia!

A nossa equipe irá selecionar as 3 melhores frases para ganharem uma das camisetas em destaque na promoção!

Faça parte dessa rede!

Regras:
1- Envie sua resposta para criatividadesustentavel@mrflymoda.com.br.
3- Serão 3 ganhadores que seguiram a ordem de primeiro, segundo e terceiro lugar.
4- Caso duas ou três frases vencedores escolham a mesma estampa, daremos prioridade para quem ficou melhor posicionado.
5- O vencedor tem o prazo de 3 dias para entrar em contato conosco e passar o endereço de entrega, caso contrário, outra pessoa será selecionada para ganhar o prêmio.
6- O envio será realizado pela Mr. Fly e seguirá os termos estabelecidos pelos correios.

Faça da internet um lugar onde boas ideias floresçam para uma vida melhor!
Participe!

O resultado será divulgado no dia 23 de março.


 

Tendências 2015: Especial moda cinquentinha

Tendências 2015: Especial moda cinquentinha

Por Mr.Fly

 

Fizemos uma matéria falando sobre as tendências de moda do verão 2015.
As tendências surgem como resultado de pesquisas e intenso trabalho dos estilistas,
que muitas vezes revisitam símbolos passados.

Resolvemos então explicar e contextualizar cada uma para que você não fique meio perdido nessas referências.

Hoje, resolvemos falar um pouco sobre a moda dos anos 50!

vogue

É importante contextualizarmos o cenário político e social da época:
o mundo acabava de passar pela segunda guerra.
Os pais haviam saído para os combates e as mães tiveram de sustentar as casas.
Uma nova mulher ganhava um novo papel em uma nova sociedade: a modernidade chegava cada vez mais,
e com seus avanços tecnológicos, construía novos costumes.

Apesar dos novos costumes, o conservadorismo se fazia presente,
e a sociedade ainda se prendia ao patriarcado.
Nesse momento, existiu um apelo muito forte para fazer com que a mulher
retornasse para o lar:
a moda era pensada para realçar a feminilidade da silhueta feminina,
assim como sua fragilidade.

Apesar do desenvolvimento comercial e industrial,
a cultura da alfaiataria ainda era muito forte.
Costurar as próprias roupas não era nenhuma tarefa difícil,
era a rotina.

A relação com as novas tecnologias também era muito importante nesse momento:
a publicidade crescia com a expansão das relações comerciais,
e os ícones do cinema, serviam como um reflexo das ambições do inconsciente coletivo.
Isso explica a forte influência que a moda sofreu com as produções cinematográficas.

anos-50-moda-por-laura-b-cinco

O glamour de Grace Kelly e Marilyn Monroe ganhavam voz nas produções de mulheres comuns,
mas que queriam transmitir sensualidade e feminilidade.
As cinturas marcadas e os joelhos cobertos, revelavam as obrigações que a mulher tinha na sociedade,
principalmente com a moral e os bons costumes.

Portanto, quando falamos de uma tendência que remete à produção indumentária da década de 50,
devemos pensar em leveza, harmonia e em formas que realcem o feminino.
Peças delicadas e estampas que sugerem frescor ganham um espaço enorme nessa perspectiva.

Então, que tal procurar o brechó mais perto da sua casa e fazer uma limpa?


Sessão Pipoca Verde

Sessão Pipoca Verde

Por Mariana Martins

Em homenagem ao Dia do Cinema Nacional,
resolvemos falar sobre dois filmes brasileiros que de alguma forma
trazem em sua proposta uma reflexão sobre a sustentabilidade.
De maneira a questionar a sociedade de consumo e a forma das pessoas
se relacionarem com as demandas produzidas nesse processo,
os filmes escolhidos mostram como a falta de preocupação com o ambiente
e com as pessoas nele inseridas é uma postura cultural da nossa vivência coletiva.

De um lado, temos Estamira: um documentário de 2005.
Em um cenário absolutamente real, vemos a trajetória de Estamira Gomes de Sousa,
uma senhora com uma forma diferenciada de ver o mundo, onde a relação com
o lixo se torna personagem importante da narrativa.
Um longa com diálogos e imagens fortes, nos faz refletir sobre como
estamos todos juntos, independente das relações que travamos,
e sobre como ignorar essa realidade e não pensar no próximo acaba prejudicando o lado mais fraco.

estamira

Do outro, Ilha das Flores : um curta metragem de 1989 que infelizmente mostra uma realidade ainda presente em nossas comunidades.
Dirigido por Jorge Furtado, o filme é uma visão clara e pedagógica de como a economia circula e atinge diferentes
pessoas de formas desiguais e cíclicas, e de como esse ciclo é muitas vezes, automático.
Nos faz repensar nossas relações com os produtos que compramos e o lixo que descartamos.

ile-2

Tem coisa melhor do que fazer do seu lazer um momento de aprendizado e reflexão?
Adote essa ideia!
Pense sustentável!



 

Sustentabilidade aplicada

Sustentabilidade aplicada

Por Mr.Fly

 

No meio desse vendaval político, a Mr.Fly procura cada vez mais, destacar todas as problemáticas ecológicas que nos permeiam.
A cultura do descaso ou da falta de percepção da realidade ambiental, tem nos conduzido por um caminho com final obscuro.
As práticas que nos aproximam da natureza, são mais do que prazerosas e podem ser facilmente incorporadas ao nosso dia-à-dia.
A questão toda é: por que temos ainda tanta dificuldade nessas pequenas tarefas?
Por que os grandes veículos de comunicação parecem usar da situação ambiental como pauta, apenas na eminência de uma catástrofe ou na falta de notícias locais?
Estamos cansados de saber que o clima está mudando, que a água está acabando, que essa relação se torna diariamente mais próxima do irreversível e ainda assim as pessoas parecem ignorar.
E ignoram cada vez mais com o respaldo das autoridades.
Precisamos ver esse conflito antes de todos os outros: religião, política e futebol…coisas polêmicas de discutir, não é mesmo?
Mas nada disso é discutível sem o equilíbrio do nosso meio ambiente.
Pensando nisso, resolvemos propor: que tal ser a mudança que quer ver no mundo, começando na sua casa?
A ideia é bem simples e não custa nada!
Sabe todas as posturas que você adoraria adotar e que secretamente inveja, quando sabe de algum conhecido capaz de executa-las?
Resolvemos fazer um poster para você imprimir e pregar na sua casa!
Por que?
Porque lendo isso diariamente, acreditamos que essas medidas deixarão de parecer papo de jornal e passarão a se incorporar à sua rotina!
Coloca atrás da porta do quarto ou na parede do corredor: mas leia.
E faça a sua parte.
Parece impossível mudar a realidade né?
Mas se torna tangível se cada um fizer um pouco.
Salve nossa imagem e comece essa corrente!

O planeta agradece, e a gente também!

POSTER10MANDAMENTOS