Por Pedro Fraga

Assim como o Oscar costuma fazer, nós subestimamos obras que tem o papel de nos fazer rir. Filmes de comédia nunca foram valorizados como se devem, e o público em geral também não vê o subtexto que a maioria dessas obras apresenta. É com esse pensamento que vaguei pela minha estante de filmes, e acabei encontrando o filme Os Simpsons: O Filme (The Simpsons Movie, 2007), que representa justamente essa classe de filmes. Sua irreverência e acidez nos diálogos mascaram a real discussão proposta, que envolve ecologia, preservação das fontes de água e poluição.

Dirigido por David Silverman, o filme conta a história da famosa e já consagrada família Simpsons, formada por Homer, o pai, Marge, a mãe, e os filhos Bart, Lisa e Meggie. Num dia que se parecia com outro qualquer, Homer adota um porco. Para cuidar do tal porco, Homer reúne todas as fezes do animal em um container e deposita no lago de Springfield. Como resultado dessa loucura, a cidade de Springfield é considerada a mais poluída da América e o governo do país decide colocar uma cúpula que envolve toda a extensão da cidade, impossibilitando a entrada e a saída das pessoas. A cúpula é colocada para que Springfield não contamine mais ninguém, e que as consequências da poluição sejam sentidas somente pelos seus habitantes.

Simpsons - O Filme

Logo no início do filme temos uma representação clara de como a população, de modo geral, anda encarando as questões ambientais. Com poucos minutos de projeção, a banda Green Day está tocando no lago de Springfield e decide, sem sucesso, convencer a platéia a escutar algumas considerações sobre o meio ambiente. Essa cena é importante, pois narra exatamente a primeira impressão que temos ao abordar o assunto. O sentimento de que está tudo sob controle sempre aparece em momentos como esse, e se parássemos e pensássemos na real situação das matas, lagos e cidades, iríamos perceber que algo precisa ser feito imediatamente.

A personagem Lisa apresenta um seminário chamado ‘’A verdade irritante’’. De fato, a tal verdade discutida por Lisa é a real situação do planeta. E ela se torna irritante no momento em que interfere nos interesses econômicos de uma minoria que só pensa no progresso e esquece as consequências que um planejamento não sustentável pode trazer. As questões ambientais sempre serão tratadas dessa forma se não houver uma conscientização geral em todas as camadas sociais. Isso não se restringe a classe A, B ou C, mas sim a todos.

''Porco-Aranha''

A mensagem presente no filme dos Simpsons é absolutamente válida e atual. Se não fosse o humor tipicamente americano presente ali, o filme seria levado muito mais a sério. Isso não é demérito, de forma alguma. Mas o fato de ser um longa que diverte a princípio, não tira o fato de que ele representa uma verdadeira denúncia às negligências que cometemos diariamente.

Veja o trailer:
http://www.youtube.com/watch?v=q3XnucOKPcY