Mr. Fly l Moda Sustentável - peças ecológicas e conteúdo consciente

Então é Natal…

Então é Natal…

Por Mr.Fly

É, não tem jeito: chegou mesmo!
Estamos cada vez mais perto de 2015 e já podemos ouvir a canção da Simone enchendo
o ar das Lojas Americanas de nostalgia.
É tempo de família reunida, reflexões, retrospectivas e festa!
Muita festa!
Festa, presente e pavê!
E pensando em todas as reuniões, amigo-ocultos, jantares e confraternizações,
nos lembramos de como é fácil se acomodar com a correria e optar pelos caminhos mais práticos.
Será que você consegue aplicar os conceitos da sustentabilidade nessa data?
As festas de fim de ano são sempre sinônimo de fartura,
seja nos presentes ou no cardápio.
Mas será que você realmente precisa de cozinhar mil pratos para comer a mesma coisa por duas semanas,
até ser obrigado a jogar fora?
Vamos pensar um pouco.
Não estamos falando só de comida e de desperdício.
Mas talvez o sentimento mais bonito que essa época evoque, seja o de generosidade.
Será que estamos sendo generosos com quem se deve?
Crianças que ganham cada vez mais cedo, mil aparelhos eletrônicos.
O Papai Noel do shopping.
E chuva.
É época de muita chuva e a necessidade dos necessitados continua firme e forte.
Quantas pessoas você já ajudou?
Não estamos falando que a ajuda deva existir apenas nessa época do ano.
Mas se pararmos pra pensar, esse ciclo colorido e cheio de pisca-piscas se constrói de maneira excludente.
Ajudar uma família, um vizinho, ou uma criança desconhecida (pelos Correios, por exemplo) não vai
fazer a sua ceia menos gostosa.
Construir a alimentação da sua família de forma consciente,
não vai fazer ninguém passar fome na sua sala de estar.
Frutas, verduras, legumes e alimentos não industrializados podem e devem ter lugar na sua mesa!
E o meio ambiente?
Copos, garfos, facas, colheres, taças, potes, pratos: descartáveis.
É a época do ano em que todos se esquecem do lixo, mais do que o normal.
Humanize suas festas!
Pensar nos detalhes é uma forma de carinho e respeito: ao próximo e ao meio ambiente!

Que a magia do Natal transforme nossos corações na verdadeira mudança que queremos ver no mundo.

natal_ecologico


Seu lixo te representa?

Seu lixo te representa?

Você tem noção da quantidade de lixo que produz por dia?

E como é esse lixo?

A questão é que hoje em dia, no mundo ocidental, as pessoas produzem mais lixo, numa base per capita,nunca visto na história da humanidade.

Por exemplo óbvio, a cada vez que você vai ao supermercado, você volta com um monte de coisas embrulhado em plástico, que, em seguida, tem que ir para o caixote do lixo ou embala os lixos produzidos por você e sua família.

E mesmo que decidamos reciclar um pouco mais nos dias de hoje, não é o suficiente tendo em vista os enormes volumes que estão sendo produzidos a cada dia.

Sendo assim, o fotógrafo Gregg Segal decidiu ilustrar a questão do lixo de uma maneira bastante incomum – retratou as pessoas junto com seu próprio lixo da semana.

O RESULTADO FICOU INCRÍVEL!

[Será que você descobre o cada um faz da vida só pelos objetos ao redor?]

1. Alfie, Kirsten, Miles, and Elly.

t-1

2. Milt.

t-2

 

3. Till and Nicholas.

t-3

 

4. Dana.

t-4

 

5. Elias, Jessica, Azai, and Ri-karlo.

t-5

 

6. Sam and Jane.

t-6

 

7. James.

t-7

 

8. Michael, Jason, Annie, and Olivia.

t-8

 

9. John.

t-9

 

10. Lya, Whitney, and Kathrin.

t-10

 

11. Marsha and Steven.

t-11

 

12. Susan.

t-12

Lixo Extraordinário

Lixo Extraordinário

A premiação do Oscar 2011 já passou, mas vale registrar a festa da comunidade do bairro Jardim Gramacho em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro. Cerca de 2500 pessoas se reuniram para assistir ao documentário Lixo Extraordinário e aguardar o resultado da maior premiação do cinema.

“Nos sentimos campeões”, disse, chorando, Glória Cristina dos Santos, irmã de Sebastião, catador de lixo de Jardim Gramacho retratado em “Lixo extraordinário”, após o anúncio do Oscar de melhor documentário para “Trabalho interno”, projeto norte-americano que fala sobre a crise econômica mundial iniciada em 2007.

No tapete vermelho, Tião falou em entrevista à TNT: “O resultado está aqui, estamos no Oscar. (…) Fizemos um ótimo trabalho, tivemos um ótimo professor [referindo-se ao artista Vik Muniz] para que chegássemos aqui.” Quando perguntado sobre a validade da produção para o Rio de Janeiro, Tião disse que Lixo Extraordinário foi “uma experiência para o mundo”.

O filme

“Lixo extraordinário” foi gravado durante dois anos no lixão de Gramacho – maior aterro sanitário da América Latina -, que fica na periferia do Rio de Janeiro. O filme que mostra a trajetória do lixo até se tornar arte e expõe a vida dos catadores de lixo também foi rodado em Londres e em Nova York, onde fica o estúdio do artista plástico Vik Muniz.

O documentário é resultado de uma coprodução entre Brasil (O2) e Reino Unido (Almega Projects), com direção de Lucy Walker, João Jardim e Karen Harley e teve uma trajetória vitoriosa ao longo de 2010 em diversos festivais, como Sundance, Berlim, Rio e Paulínia.

Não poderíamos deixar de citar e indicar o filme por aqui. Confira o hotsite e o trailer.