Quem viu a premiação do Oscar ontem deve ter notado que muitas celebridades estão cultivando suas barbas. George Clooney deixou a barba grisalha crescer, Bradley cooper também adotou a causa e Ben Affleck, que ganhou o prêmio de melhor filme com Argo, apareceu na premiação com uma barba que mudou completamente seu rosto e deixou um ar de seriedade.

George Clooney, Bradley Cooper e Ben Affleck

George Clooney, Bradley Cooper e Ben Affleck no Oscar 2013

Além de estarem voltando a moda, um estudo recente mostrou que ter barba faz bem à saúde. A Universidade de Southern Queensland, na Austrália, fez um experimento com manequins expostos ao sol, onde metade deles usava uma barba feita de uma planta que se apoia em outras para viver.  Os manequins que tinham a “barba”  apresentaram cerca de 35% a menos de exposição aos raios UV. Outro fato descoberto é que conforme o tamanho e grossura dos pelos da barba, ela funciona como um protetor solar de até 21FPS.

Os pesquisadores também concluíram que o bigode pode servir como proteção contra bactérias trazidas pela poeira e até evitar a asma. Barbas longas que cobrem o pescoço podem proteger e diminuir o tempo de inflamações na garganta por deixarem a região mais aquecida. O único contra é que a barba exige uma manutenção cuidadosa para evitar pelos encravados.