Mr. Fly | Moda Sustentável - Peças ecológicas e conteúdo consciente

11 dicas de moda ecológica para o seu guarda-roupas

11 dicas de moda ecológica para o seu guarda-roupas

Olhando de fora, a indústria da moda parece linda e divertida, mas há um lado que sempre é ocultado. Você já ouviu falar da falta de ética no mundo da moda, como trabalho infantil e salários baixos? Infelizmente isso existe, além, é claro, da poluição que é gerada nas fábricas têxteis.

De acordo com o Conselho de Defesa dos Recursos Naturais, a indústria têxtil chinesa, que produz cerca de metade das roupas que os americanos compram, gera cerca de 300 toneladas de fuligem por ano. E uma única usina na China pode usar 200 toneladas de água por cada tonelada de tecido com corante. Sim! É hora de limpar as coisas.

Quer contribuir com um planeta mais sustentável e evitar essa poluição e exploração infantil? Aqui estão 11 dicas de moda ecológica para ajudar a tornar seu guarda-roupa mais verde.

1. Lave com cuidado

Compre sabão ecológico para roupa. Faça o mesmo trabalho sem os produtos químicos sintéticos severos que prejudicam o meio ambiente e representam riscos para a saúde. Para economizar energia, lave as roupas em dias quentes. Assim, não será necessário usar a secadora de roupas.

2. Descarte responsável

De acordo com a EPA , mais de 12 bilhões de quilos de roupas e têxteis para uso doméstico foram gerados nos EUA em 2009. Atualmente, mais de 10 bilhões de quilos são descartados em aterros dos EUA. São cerca de 32 quilos de roupas e têxteis para uso doméstico por pessoa a cada ano. Para reduzir o desperdício, tente não jogar fora suas roupas quando não quiser mais. Em vez disso, faça bazares beneficentes ou deixe em pontos de coleta de roupas usadas. Elas vão beneficiar outras pessoas que não tem condições de comprar roupas.

Leia mais: 4 Documentários sobre a ética na Moda

3. Compre usado

Comprar de segunda mão não é apenas uma coisa que pessoas legais fazem. É também outra maneira de diminuir a poluição global.

4. Em caso de dúvida, DIY

Dê vida a roupas antigas, cansadas ou descartadas e acessórios com um pouco de amor e muita magia DIY. Você vai ficar orgulhosa de transformar algo que estava cansada de usar em uma peça completamente nova.

DIY

5. Sacola

Sacolas de compras biodegradáveis ​​não são apenas para o supermercado. Certifique-se de levá-las com você para fazer compras de acessórios, roupas e sapatos.

6. Compre local

Além de apoiar a sua comunidade, a compra local reduz o impacto ambiental porque as empresas locais pode produzir por conta própria, além de não necessitar de transporte, diminuindo assim a poluição. Além disso, as empresas independentes são tipicamente pequenas,  por isso ocupam menos recursos.

7. Diga não à moda rápida

Nós sabemos, nós sabemos. Você adora comprar uma camiseta por R$10,00. Nós também. Mas adivinhe o que? Há uma razão pela qual o preço é tão baixo. As roupas são feitas para não durarem. Os varejistas como Forever 21 e H & M dependem do desejo do consumidor de roupas novas – e um vestido que recebe um buraco nele depois de uma lavagem, apenas ajuda a alcançar esse objetivo. Sem mencionar o fato de que muitas empresas de moda rápida ainda instituem práticas laborais não éticas. Se isso não for o suficiente para dissuadi-lo, isso pode: de acordo com o Centro de Saúde Ambiental, varejistas de moda rápida como Charlotte Russe, Wet Seal e Forever 21 ainda estão vendendo calçados, cintos e bolsas acima do montante legal, até anos após assinando um acordo concordando em limitar o uso de metais pesados ​​em seus produtos.

roupasLeia mais: Entenda o que é o Slow Fashion

8. Conheça as marcas

Quando você compra mercadorias de uma marca, você não está apenas comprando uma peça de roupa ou um colar. Você também, indiretamente, dá seu selo de aprovação em suas práticas trabalhistas e ambientais. Se você quer conversar, mas não sabe por onde começar, confira sites como Labor Behind the Label que fornecem informações sobre muitas marcas de topo no mercado.

9. Lã e couro falso

Não só a produção de lã, couro e pele prejudica milhões de animais todos os anos, mas também contribui para a devastação da terra, poluição do ar e contaminação da água. Além disso, a pele morta é tratada com um coquetel de produtos químicos, como o formaldeído e os agentes de branqueamento, que são tóxicos para os seres humanos.

Couro feito com abacaxi

Couro feito com abacaxi

10. Invista nos seus sapatos

É simples: quanto mais você cuida dos seus sapatos, mais tempo eles vão durar. Você sabe o que isso significa? Menos consumo e desperdício. Assim que você desembrulhar seu novo par de sapatos, leve-os a uma oficina de reparação de sapatos para adicionar capas de calcanhar e no pé, de modo que você não danifique a parte inferior dos sapatos. Quando as capas protetoras se desgastam, é hora de outra visita. O mesmo vale para saltos quebrados, cortes, furos e fades.

11. Conheça seus tecidos

O bambu, a seda, o algodão orgânico, a soja, o cânhamo e o lyocell são apenas alguns dos tecidos ecológicos do mercado. Antes de comprar, é melhor conhecer os prós e contras de cada um.

Fica a lição: seja consciente na hora de comprar, usar e descartar suas roupas, sapatos e acessórios.

Traduzido e adaptado de The Fashion Spot

Compartilhar:

Leave a reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>