Mr. Fly l Moda Sustentável - peças ecológicas e conteúdo consciente

Mamão com açúcar

cover-mrfly

 

Por Mariana Martins

Pra começar a semana com animação e criatividade, nada melhor do que uma receita sustentável incrível.
E a eleita da semana foi a de Hamburguer Vegano.
Super simples e rápida de fazer, é uma ótima opção para uma alimentação saudável e irreverente.

NOVO VÍDEO - hamburguer vegano

 

Para seguir o tutorial, você vai precisar de:
– duas xícaras de lentilha;
– temperos;
– água;
– farinha de rosca;
-óleo de sua preferência.

Siga os passos e perceba que com menos de 15 reais, você vai ter o suficiente para mais de 8 porções.
Fizemos e sugerimos lentilha, mas você pode variar e usar outras leguminosas.
Conta pra gente se deu certo!
Se inscreva no nosso canal e fique ligado.


_________________________________________________________________

Para conhecer nossos produtos, acesse www.mrflymoda.com.br .

Frio e fogão

Por Mr.Fly


É só a temperatura cair que instintivamente, começamos a comer mais do que deveríamos.
Doces elaborados e comidas pesadas, aliados a falta de exercício, podem ser um combo fatal.
Comer é mesmo muito bom: mas melhor ainda, é quando envolve alimentos saudáveis.
Pensando na necessidade que muitas pessoas tem em mudar seus hábitos alimentares,
resolvemos sugerir pratos leves e de baixo valor energético e principalmente, que demandam produtos não-industrializados e que possuem um custo viável.

SOPA DE CEBOLA
Para a sopa de cebola, você vai precisar de:
– 1 cebola grande
– 3 dentes de alho
– 1 tomate
– Farinha
– Água
– Cebolinha e salsinha
– Sal a gosto

No liquidificador, coloque a cebola picada e cubra com água. Bata com 2 dentes de alho.
Na frigideira, doure o dente de alho restante e refogue a mistura batida.
Enquanto ferve, bata o tomate com a cebolinha e a salsinha.
Misture tudo na panela e acrescente 3 colheres de farinha e sal.
Sirva com torradas.
A cebola ajuda a aliviar os sintomas de problemas respiratórios e no combate à anemia.

SOPA DE INHAME
O Inhame é um legume muito rico, e possui ação anti-inflamatória.
Para essa sopa, você vai precisar de:
– 3 inhames
– 1 cebola
– Água
– Cheiro verde
– Sal a gosto
Pique a cebola, e doure na panela, com um fio de óleo.
Refogue o inhame picado e cubra com água.
Tampe a panela e deixe cozinhar.
Quando o inhame tiver cozido e o caldo encorpado, tempere e acrescente o cheiro verde.

CALDO VERDE ESPECIAL
Caldo verde é sempre uma ótima opção para fortalecer o sangue.
E muito versátil, porque na verdade, você pode fazer com as folhas que tiver em mãos.
A nossa receita leva:
– 6 folhas de couve
– 2 folhas de espinafre
– 1 cebola
– 3 dentes de alho
–  Cheiro verde
–  Água
– Sal a gosto
No liquidificador, coloque as folhas, cubra com água e acrescente 2 dentes de alho e meia cebola.
Na panela, doure meia cebola junto com o alho, e refogue a mistura batida.
Tempere e espere engrossar.
Sirva com cheiro verde.

CALDO DE COUVE-FLOR
A couve-flor é uma fonte riquíssima de minerais.
Para esse caldo, você vai precisar de:
– Meia couve-flor
– 1 cebola
– Água
– Sal a gosto
Em uma panela, coloque a couve-flor com sal e cubra com água.
Deixe tampada até que esteja cozido.
Bata no liquidificador o conteúdo da panela.
Doure a cebola e refogue a mistura, esperando engrossar.

A verdade, é que o inverno pede qualquer coisa de aconchego.
E nada melhor do que se aquecer com carinho e respeitando a natureza!
Cuide de si mesmo e tenha energia para ajudar a construir um mundo melhor.
É tempo de repensar seus hábitos: com a queda da temperatura, ficamos mais vulneráveis e reclusos.
É uma ótima oportunidade para ajudar o próprio organismo e dizer não aos industrializados.

Seja consciente.


 

 

Natureza que cura

Por Mr.Fly

O Inverno é aquela estação maravilhosa, com sobretudos, campanhas de agasalho, meias, caldos, cobertas e filmes em casa.

Mas apesar de toda a sensação acolhedora, não podemos deixar de cuidar da nossa saúde: sabemos que com a queda da temperatura, sentimos menos necessidade de tomar água, o que pode ser um problema, pois muitas doenças incidentes com maior frequência nessa estação, podem ser evitadas em um organismo devidamente hidratado.

beba agua-01

A busca por uma imunidade fortalecida, se dá com uma alimentação saudável e balanceada.

Optar por alimentos orgânicos e buscar por alternativas não industrializadas, podem ser o caminho decisivo para uma saúde estável, assim como a realização de atividades físicas.

A dica de hoje vai para alguns alimentos que podem fazer diferença na rotina dessa nova estação e são encontrados na natureza:

PRÓPOLIS

O própolis age como antioxidante, bactericida, cicatrizante e anti-séptico.
Substância formada à partir de ceras e resina, é um ótimo remédio para a garganta .
Pode ser encontrado em vários xaropes e misturas com mel e agrião, por exemplo.

SALSINHA

A salsa, além de ser super fácil de cultivar, é rica em antioxidantes e é um ótimo anti-inflamatório.
Usar na alimentação, seja como tempero fresco ou em chás, pode ser uma ótima alternativa para desobstruir as vias nasais, por exemplo.

LIMÃO

O limão é uma fruta poderosa, e apesar de sua acidez latente, em contato com o nosso organismo, tem ação neutralizante.
Seu chá, assim como o uso constante de seu suco, limpa não só o sistema urinário, como também combate as doenças infecciosas.

HORTELÃ

A hortelã, assim como a salsa, age de forma antiespasmódica, diurética, anti-séptica, estimulante e antiemética.
Chás puros ou combinados com outras folhas e ervas, podem ser eficientes no trato respiratório.

EUCALIPTO

A folha do eucalipto é um ótimo remédio para combater qualquer mal ou desconforto que atuante no sistema respiratório.
O vapor de sua fervura é totalmente eficiente para a desobstrução das vias aéreas.

 

Optar por alternativas naturais antes de se submeter ao tratamento químico com remédios e uma forma de preservar o próprio corpo e o planeta!
vegetal-01


 


 

Sustentabilidade na cozinha

Por Mr.Fly

O frio chega e com ele a necessidade de nos esquentarmos.
Nas ruas, pessoas desfilam encapotadas em suas botas, casacos e meias.
Campanhas de solidariedade ganham espaço, e doações de agasalhos e sopas
aparecem de forma muito bem-vinda.

Depois de uma temporada de sucos, saladas e frutas refrescantes e leves,
vem a temporada de comidas para nos aquecer.

A pergunta é: você consegue cozinhar de forma sustentável?

O desperdício é uma prática que precisa ser combatida o ano inteiro.
Disso não temos dúvidas.
Mas será que você se atenta como no verão?

O cardápio passa a ser bem mais elaborado do que as saladas,
e caldos são cada vez mais desejados.
Acreditamos que essa mudança alimentar natural, consequente da variação
climática possa ser uma ótima oportunidade para rever seus hábitos.

Pensando nisso, resolvemos elaborar três dicas para o seu bem estar:

XÔ, INDUSTRIALIZADO!
A gente sabe que no frio, a tendência de todo mundo é diminuir um pouco o ritmo.
O ideal é que a gente consiga sustentar a frequência das atividades físicas, mas uma coisa é fato: você provavelmente vai ganhar um quilinho.
O que é natural.
Aí é que ressaltamos a necessidade de optarmos por produtos não industrializados.
Se no verão já está longe de ser uma boa opção, quem dirá no inverno.
Opte por alimentos frescos.
Frequente a feira, vá ao mercadinho da esquina e trate dos seus alimentos com a responsabilidade que merecem.

É DIA DE SOPA!
A verdade é que não tem nada melhor do que alguma coisa bem quentinha para
nos saciar nesse clima.
As sopas e caldos são opções formidáveis por um motivo muito simples:
mudam a forma inicial de alimentos, que muitas vezes são recusados na mesa.
Quer dizer: aqueles vegetais todos que seu irmão mais novo torce o nariz para colocar no prato, agora, está temperado, refogado e ensopado, com sua cor maravilhosa!
Tem como resistir?
É o mais importante: nada é descartado!
Você provavelmente vai bater os ingredientes, certo?
Então poderá aproveitar todas as partes do alimento.
Rendem ótimos caldos: couve-flor, abóbora, lentilha, cenoura, batatas variadas, tomate,etc…!

CHÁ DAS CINCO
Agora é uma ótima oportunidade de cuidar das suas necessidades.
Sabemos que a saúde pode vir de muitas fontes, principalmente naturais.
Aproveite esse momento para cuidar de si mesmo de uma forma prazerosa:
os chás, muitas vezes ajudam o funcionamento específico no nosso organismo.
Nossa flora não deixa por menos: você encontra a solução para qualquer problema
com um pouquinho de açúcar, um bule e água fervendo!
Frequente os mercados municipais e feiras da sua cidade.
Procure se conhecer para saber o que busca resolver.
Camomila, erva-doce, amora, capim-limão, gengibre, funcho, e mais outros tantos,
podem ser encontrados por perto.


 

Take it easy!

Take it easy!

Por Mr.Fly

Segunda-feira, dia oito, foi aniversário de uma grande rede internacional de fast food
muito importante e influente.
Em nossa página oficial, fizemos a divulgação de uma arte sobre o assunto,
e resolvemos falar um pouco mais.

segunda

A Slow Food é uma filosofia alimentar sustentável, que em oposição ao Fast-Food,
carrega uma proposta de alimentação lenta, onde a apreciação e a confraternização
surgem de maneira saudável com a degustação de alimentos não industrializados.
As redes de Fast-food promovem um modelo de alimentação em série e instantâneo,
onde a relação estabelecida com o prato é reflexo de uma vida em que tempo é dinheiro.
São restaurantes que tem como maior objetivo a rotatividade do público,
não são concebidos para promover um cenário onde as pessoas façam da refeição
uma forma de interação tranquila e consciente.
Mas geram lucro.

Nesse cenário, optar por uma alimentação consciente e sustentável é quase um ato
político.
Procurar consumir produtos não industrializados e construir uma vivência cada vez mais
próxima da terra, valorizando o pequeno produtor, chega a ser considerado perda de tempo.
Perda de tempo pois as pessoas não tem tempo pra nada, e acreditam que seu tempo
deva ser otimizado gerando lucros.
A Mr.Fly só gostaria de explicar que o maior valor que pode-se dar ao próprio tempo,
é gastando-o consigo mesmo de forma produtiva.
Cuidar da saúde é uma forma de amor ao planeta e amor ao seu corpo.
Pensar no que se ingere é cuidar da própria casa!
Portanto, aproveite o fim de ano para repensar seus objetivos para 2015:
seja você mesmo sua meta!
Gaste tempo com o que interessa: nada interessa mais do que sua saúde!


Então é Natal…

Então é Natal…

Por Mr.Fly

É, não tem jeito: chegou mesmo!
Estamos cada vez mais perto de 2015 e já podemos ouvir a canção da Simone enchendo
o ar das Lojas Americanas de nostalgia.
É tempo de família reunida, reflexões, retrospectivas e festa!
Muita festa!
Festa, presente e pavê!
E pensando em todas as reuniões, amigo-ocultos, jantares e confraternizações,
nos lembramos de como é fácil se acomodar com a correria e optar pelos caminhos mais práticos.
Será que você consegue aplicar os conceitos da sustentabilidade nessa data?
As festas de fim de ano são sempre sinônimo de fartura,
seja nos presentes ou no cardápio.
Mas será que você realmente precisa de cozinhar mil pratos para comer a mesma coisa por duas semanas,
até ser obrigado a jogar fora?
Vamos pensar um pouco.
Não estamos falando só de comida e de desperdício.
Mas talvez o sentimento mais bonito que essa época evoque, seja o de generosidade.
Será que estamos sendo generosos com quem se deve?
Crianças que ganham cada vez mais cedo, mil aparelhos eletrônicos.
O Papai Noel do shopping.
E chuva.
É época de muita chuva e a necessidade dos necessitados continua firme e forte.
Quantas pessoas você já ajudou?
Não estamos falando que a ajuda deva existir apenas nessa época do ano.
Mas se pararmos pra pensar, esse ciclo colorido e cheio de pisca-piscas se constrói de maneira excludente.
Ajudar uma família, um vizinho, ou uma criança desconhecida (pelos Correios, por exemplo) não vai
fazer a sua ceia menos gostosa.
Construir a alimentação da sua família de forma consciente,
não vai fazer ninguém passar fome na sua sala de estar.
Frutas, verduras, legumes e alimentos não industrializados podem e devem ter lugar na sua mesa!
E o meio ambiente?
Copos, garfos, facas, colheres, taças, potes, pratos: descartáveis.
É a época do ano em que todos se esquecem do lixo, mais do que o normal.
Humanize suas festas!
Pensar nos detalhes é uma forma de carinho e respeito: ao próximo e ao meio ambiente!

Que a magia do Natal transforme nossos corações na verdadeira mudança que queremos ver no mundo.

natal_ecologico


Saiba como tornar a sua cozinha mais sustentável!

Saiba como tornar a sua cozinha mais sustentável!

Para ser mais sustentável na cozinha, pequenas ações podem ser feitas diariamente para evitar o desperdício de água e energia. Confira:

 

Reutilize a água: a água utilizada para lavar legumes e verduras absorve alguns nutrientes e pode ser usada para regar plantas.

 

Procure aparelhos com eficiência energética: quando for trocar de aparelhos, opte por aqueles com selo de economia de energia. A diferença de gastos pode ser ainda maior em um aparelho grande, como geladeiras e congeladores.

 

Cuidado com o desperdício de guardanapos: opte pelos modelos menores, que utilizam menos papel. Se puder, use guardanapos de pano, que evitam o descarte de produtos.

 

Tire aparelhos de stand-by: só coloque os aparelhos na tomada quando for utilizar eles. Isso é válido para os aparelhos de microondas, fornos e outros eletrodomésticos de pequeno porte. A economia de energia pode chegar a 5%.

 

Opte por lâmpadas fluorescentes compactas ou LED.

 

Só use a máquina de lavar louça quando estiver cheia. Isso evita o desperdício de água.

 

Espere os alimentos esfriarem antes de guardar na geladeira. Se forem armazenados ainda quentes, irão aquecer a geladeira, que gastará mais energia para manter a temperatura baixa.

 

Opte por produtos de limpeza mais sustentáveis e com menos químicos. Alternativas são receitas caseiras, bicarbonato de sódio ou produtos de limpeza industrializados mas com cuidados ambientais e químicos.

Quer adotar uma dieta vegetariana? Se liga nessas dicas!

Quer adotar uma dieta vegetariana? Se liga nessas dicas!

Por Paula Cabral

 

Você está pensando em adotar uma dieta vegetariana ou vegan? Cada dia surgem novas pesquisas que apoiam os benefícios de uma dieta baseada em vegetais. Nunca foi tão fácil virar vegetariano com tantos blogs e sites que abordam o tema, ensinando diversas receitas ou mesmo comprando um livro de receitas vegetarianas em sites de anúncios.

vegan-11

Seguem algumas dicas para adotar uma dieta vegetariana. 

 

Obtendo proteína suficiente – Muitos estudos médicos estão mostrando que o excesso de proteína de origem animal pode prejudicar os rins, assim como dificultar a absorção de cálcio, zinco, vitaminas do complexo B, ferro e magnésio. A regra é: “Tudo com moderação.” A dieta vegetariana consiste em vários legumes, frutas, feijão e grãos. Estes fornecem mais do que a quantidade adequada de proteína – porém sem o colesterol adicionado e gorduras saturadas, produtos químicos, antibióticos, esteróides, substâncias sulfúricas, entre outras encontradas em fontes animais.

 

Cálcio – O leite contém proteína animal, muitas vezes contém antibióticos e substâncias químicas. A dioxina, uma substância tóxica, é frequentemente encontrada em produtos lácteos. Já uma fonte confiável de minerais pode ser encontrada em frutos e vegetais, os minerais se apresentam em maior quantidade e melhor qualidade. Frutas frescas e vegetais também são ricos em boro, que ajuda a diminuir a perda de cálcio através da urina. Alimentos de origem vegetal têm muito cálcio como a quinoa e o melado, vegetais de folhas verdes, como a couve, os brócolos, produtos de soja, grão de bico, grãos e cereais fortificados etc.

 1936947-8311-atm14

Por exemplo, para substituir o ovo em uma receita, você pode usar metade de uma banana amassada ou o tofu, batendo no liquidificador à algumas sementes de linhaça com um pouco de água (até que elas tenham a consistência de ovo cru). Para substituir o leite de vaca, você pode usar o leite de soja, leite de arroz, leite de amêndoa ou leite de aveia. No caso da manteiga, você pode bater o azeite com um pouco de sal e deixar esfriar.

Leia também essas dicas interessantes para facilitar o seu dia a dia.

Aprenda a fazer um milk shake vegano de morango!

Aprenda a fazer um milk shake vegano de morango!

Vamos falar de culinária! Hoje vamos ensinar a preparar a sobremesa que acompanhará o prato principal.  Aprenda a fazer um milk shake vegano de morango! Separe os seguintes ingredientes:

2 xícaras de chá de amêndoas cruas sem sal
1 bandeja de morangos
4 colheres de sopa de açúcar mascavo
½ bandeja de gelo
10 xícaras de água filtrada ou mineral

 lol

Para o leite de amêndoas, lave-as em água corrente para tirar qualquer sujeira.
Deixe as amêndoas imersas em 8 xícaras de água.Escorra essa água, coloque as amêndoas no liquidificador, adicione 2 xícaras e meia de água. Bata no liquidificador até as amêndoas ficarem totalmente misturadas à água. Com um coador, separe o caldo da polpa das amêndoas.
O caldo que você separou é o seu leite de amêndoas.

 

Agora que você já tem o leite de amêndoas, vamos para o Milk shake. Retire as folhas dos morangos, lave-os bem e coloque-os no liquidificador. Adicione o leite de amêndoas, o açúcar e o gelo. Bata em velocidade alta até misturar bem os ingredientes e ficar com uma leve espuma.
Sirva gelado!

Lembrando que essa receita rende 1 litro.

Aprenda a fazer um Beijinho de Coco Vegano!

Aprenda a fazer um Beijinho de Coco Vegano!

Hoje é dia de culinária. E os veganos podem ficar despreocupados, porque a receita é livre de derivados de animais. Aprenda a fazer um beijinho de coco vegano! Pegue os ingredientes:

– 1 lata de “leite” condensado de soja
– 100g de coco ralado úmido e adoçado
– 1 colher de sopa de óleo de soja
– açúcar cristal orgânico
– cravos da índia
– forminhas

Beijinho-m

Pegou tudo? Então vamos lá: Coloque o “leite” condensado, o óleo e o coco ralado em uma panela. Cozinhe em fogo médio por cerca de 20 minutos mexendo sem parar. Deixe esfriar. Faça bolinhas, passe no açúcar cristal e decore com os cravos da índia

Fácil, não? :)